terça-feira, 24 de novembro de 2015

IL TARTUFO BIANCO... Aiaiai - um encontro no Fasano.

Quem me conhece sabe que tenho um paladar que é amante de iguarias. Um dos maiores prazeres da minha vida é experimentar novos sabores. E isso inclui ovas, queijos, fungos...risos E o que mais gosto é identificar dentre esses novos experimentos, sabores que me acompanham pelo resto da vida. Minhas papilas gustativas deliram em pensar em alguns deles, como é o caso do queijo da serra da estrela de Portugal e das trufas brancas da Itália.

Ana passado, estava no finalzinho da gravidez nesta mesma época do ano e então as trufas passaram batidas. Mas neste ano fiz questão de ir apreciá-las, lembrando que as trufas pipocam nos restaurantes mais refinados geralmente entre outubro e dezembro.

E escolhi o Fasano. E que escolha.

Pote de ouro no final do arco-íris do Fasano...

Desde o atendimento, passando pela entrada, estava tudo maravilhoso. Exceto pela sobremesa, que apenas estava "boa". Mas também, depois de uma trufa raladinha sem qualquer tipo de miserê, meu paladar estava mal acostumado:

Entradinha de burrata com presunto parma. O melhor presunto desse tipo da minha vida.

Raviolonis de espinafre e gema, salpicados de trufas. HUMMMMMMMM....

Mousse de chocolate com sorbet de blueberries.

Conta. Bom, a conta. Um prato de trufa gira em torno de R$ 500,00 por aí. Lá ia entre R$ 600 e 750 a depender do prato.

Outros lugares para degustar a trufa branca em SP: sei que sempre tem no La Tambouille e no Piselli dos Jardins. Além deles, vi no cardápio do Ristorantino (que falei no post aqui).

Uma opção mais econômica: se estiver na Europa nesta época, se jogue nas trufas, principalmente na Itália. São bem mais em conta. Nos EUA também ficam mais baratas, mas nem tanto assim, por conta do dólar: os pratos giram entre 100 e 200USD (era vantagem no dólar a 2, até 3)...

Assunto nível CARAS: De quebra, na hora da saída, vi Val Marchiori no bar e realmente ela é bem mais bonita ao vivo.


Nenhum comentário:

Postar um comentário