terça-feira, 5 de agosto de 2014

Buenos Aires II - Restaurantes.

Bom, gente. Já publiquei sobre os hotéis aqui e contei que foi um passeio de apenas 4 dias, então não deu tempo de conhecer todossss os points gastronômicos. Mas deu para ter uma boa idéia do tipo de culinária local e de bons, se não alguns dos melhores, restaurantes de Buenos Aires.

Em resumo: de carnes, conhecemos O Estilo Campo e o Cabaña Las Lillas em Puerto Madero e o La Cabrera em Palermo (o melhor sem competição foi o La Cabrera). Deixei de ir por falta de tempo ao Don Julio e El Pobre Luis. Já mais chiquezinho, fui ao El Bistro, no Faena, em Puerto Madero (SENSACIONAL) e deixei de ir ao Chila, também por falta de tempo (é um restaurante de menu degustação, todo in, muito recomendado). Por acaso, almocei no Munich, ao passear pela Recoleta (ok, mas nada de mais).

Em Puerto Madero, fui ao Estilo Campo e ao Cabaña Las Lillas, que distam 2km:

Foto extraída de simulação no GoogleMaps.

O Estilo Campo fica na Avenida Alicia M. de Justo, 1840 e é um restaurante com foco em carnes. É bem grande e típico, tendo vista do canal se sentar na varanda (linda tanto à noite como durante o dia, então, se puder, reserve uma mesa perto do vidro):

Salão principal - Interior - foto retirada do site do restaurante.

Varanda - foto retirada do site do restaurante.

Meu marido que já freqüentou muito a cidade, queria porque queria comer o cabrito assado deles. Então lá fomos nós e, para nossa surpresa, percebemos apenas a presença de um único casal brasileiro no ambiente, e levados por um casal argentino.

Levamos o pequeno ao jantar, e eles tinham cadeirão e papel com giz de cera. Pedimos um franguinho com fritas pra ele que estava bem gostoso. Para nós, comemos riñones de entrada (rins mesmo) e dividimos um cabrito (gente, as carnes são imensas na Argentina e geralmente é bem possível dividir). Estava uma delícia!!! E, de sobremesa, pedi um petit gateau de doce de leite com sorvete de banana! Muito bom!!! Conta: cerca de 700 pesos (USD 100 mais ou menos pelo cambio oficial de 1 pra 7 ou 8 - mas há quem troque o dólar lá perto da Galeria Pacífico mais ou menos entre 10 e 12 pesos).




O Cabaña las Lillas é do pessoal do Rubaiyat daqui. Fica na Avenida Alicia M. de Justo, 516. E deus, vá preparada: só tem brasileiros!!! Só. Mas a carne é bem saborosa. E eles são bem armados para receber crianças. Nesse dia, fui almoçar sozinha com meu filho de 2,5 anos, já que meu marido afinal precisava trabalhar um pouco e cumprir o objetivo da viagem. Dispõem de cardápio infantil (menu kids) e são muito atenciosos (deram balão de hélio, quebra-cabeças, etc.). O restaurante também tem vista do canal e é possível sentar na varanda. É a mesma faixa de preço do Estilo Campos que falei acima. A carne é boa (comi bife de tira), mas nada espetacular. PS: como estava sozinha, não deu tempo de tirar uma única foto!!!rs A que segue abaixo foi extraída do site Destemperados:



Já o La Cabrera, que fica em Palermo na Rua José Antonio Cabrera, 5099 (meio longinho se for ficar em Puerto Madero ou Recoleta) é de delirar! E também, cheioooo de brasileiros. Se for chegar para almoçar depois das 12:30, nem vá sem reserva (chegamos esse horário e demoramos 40 minutos para conseguir uma mesa).

Você escolhe a carne e ela vem acompanhada de diversos potinhos coloridos à sua escolha e sem limite: tem saladinha, milho, conserva de alcachofra, cogumelos, creme de abóbora, creme de espinafre, arroz temperado, e mais um monte de coisas. Eu pedi uma carne MÉDIA e quase morri com o tamanho (com certeza a média e a grande dão para dividir tranquilamente). E meu marido pediu outra (ou seja, um banquete de carnes...). Além de tudo, o ambiente é todo gracinha. Encantei com o restaurante:

Couvert. 
 Minha escolha de carne e os tais potinhos de acompanhamento.
 Mais potinhos e a carne do marido.
 O ambiente.
 Nosso garçom!

Ambas as fotos acima: ambiente visto por foto do site do restaurante.

Na Recoleta acabamos parando para almoçar no Munich na Rua Roberto M. Ortiz, 1871. É um restaurante bem típico, cheio de animais empalhados. Não vi brasileiros. A comida é boa, mas nada espetacular também:


Uma vez vi numa revista um salão todo branco, cheio de unicórnios saindo pelas paredes. Achei surreal e aquela imagem me marcou.

Foto do site do hotel.

Descobri depois de um tempo que esse era um dos restaurantes do Hotel Faena, chamado El Bistro!!! Foi o primeiro que reservei. E, nossa, que acerto. A comida era sensacional! Espetacular. O ambiente, o atendimento. Desde a indicação de vinho (um Terrazas Malbec de reserva especial excelente!), até a indicação de azeite (chamado Bravo - realmente muito bom!).


Fomos recebidos com um creme de abóbora do chefe. Depois, escolhi o steak tartare que estava divino e meu marido foi no prato "carnaval" de camarão (amou!). De principal, fui de carne de porco, com quinoa e acelga (delirei!) e meu marido escolheu o coelho (o meu estava melhor, mas o dele também estava ótimo!). Escolhi uma sobremesa com doce de leite de morrer!!! A conta: bom, com entrada, principal, sobremesa, vinho, couvert e café, a conta saiu cerca de 2 mil pesos (USD 250-270 no câmbio oficial).

 Creme de abóbora.

 Steak Tartare.

 Entrada Carnaval, com detalhe do meu filho dormindo no carrinho ao lado.

 Porco com quinoa.

Coelho. 

Sobremesa de doce de leite.

E aí? Alguém tem mais alguma dica? Conheceram outro restaurante interessante por Buenos Aires? Não deixem de me contar!


2 comentários:

  1. HummmmdelíciaS! Adorei a dica do restaurante todo branco, que lindo. Parabéns, seu blog está cada dia mais lindo e gostoso de ler.

    ResponderExcluir
  2. Ah, e já que perguntou, adoro o Sushi Club Em Bs As. bjsssss

    ResponderExcluir