quinta-feira, 3 de julho de 2014

I - Eurotrip 2014 - Paris com criança de 2 anos - Onde ficar - Hotéis de luxo.

Queria ficar em um excelente hotel, para fazer a viagem a Paris completa em todos os aspectos. Mas dessa vez tinha que me preocupar como conforto também do meu filho, de 2 aninhos (exatos 2 anos e 3 meses no momento da viagem).

Primeiro, resolvemos o local: ficaria próximo ao Jardin de Tuileries (parques são sempre ótimas opções para crianças), que fica entre o Louvre e a Place de La Concorde. Além disso, esse local é bem na frente da parte divertida da Saint Honoré, bem próximo às lojinhas como Hermès e Louboutin... Aiaiai... E também, próximo à estação de metrô e um local que dá uma caminhada de cerca de 15-20 minutos até a Champs Èlysées...

Bom, pra quem já conhece Paris, sabe que a cidade fica à beira do Rio Senna, usado como referência em tudo (se clicar, o mapa aumenta):


Resolvi então apostar num dos clássicos: Ritz (Place Vendôme), Plaza Athénée (Avenue Montaigne) ou De Crillon (Place de la Concorde). Mas, para meu desespero, TODOS eles estavam em reforma!!! E, portanto, fechados!

Foi quando li no site do Plaza Athénée que eles recomendavam enquanto isso que se ficasse no hotel irmão da rede, o Le Maurice. Também, fazendo uma pesquisa no blog da Maria Sophia (que gosto muito), vi o Le Bristol, que me chamou a atenção, por ter piscina (coisa rara por lá) e ficar na própria Saint-Honoré.

Entre os dois, optei pelo Le Maurice, por achar a localização melhor (na frente do Jardin de Tuileries) e também por conta do preço, pois como deixei para reservar cerca de 1 mês antes da viagem, só haviam quartos no Le Bristol por cerca de 3.000 euros a diária, enquanto que no Le Maurice, consegui uma suíte por um pouquinho menos de 1.000 euros. (PS: em agosto e novembro há tarifas de 775 euros o quarto comum no Le Bristol, enquanto no Le Maurice para os mesmos meses há preços de 735 e 670 euros respectivamente).

Hotel Le Maurice - uma memorável lembrança com crianças
.

Foto do site oficial - Le Maurice visto do Jardin de Tuileries.

Ficamos em uma suíte bem gostosa (e ampla se considerarmos o padrão de Paris). Acho que tinha cerca de 50/60m2, finamente decorada, toda ajeitada... Com laranjas secas cobertas de chocolate amargo do Alain Ducasse como boas-vindas.

Filhote brincando com seu cachorrinho símbolo do hotel (detalhe do berço ao fundo).

O atendimento às crianças é demais! Elas ganham cachorrinhos de pelúcia e a qualquer sinal de choro no saguão aparece algum funcionário com o kit de pintura com lápis de cor. Dispõe de babá também, o que é um diferencial (não usamos o serviço pois meu marido não tem coragem de deixar nosso filho com alguém que não conhece).


Quarto do hotel (desculpem a bagunça).

Ai, o café da manhã... Que delícia!!! O salão no qual o café é servido é lindo demais, todo rococó, uma graça e desbunde... E o café... Ai, repetindo, uma delícia... O que é aquele croissant??? O preço é super salgado, mas preferi incluir na diária - pra quem viaja com criança pequena, acho mais fácil já sair do hotel alimentado, direcionado já ao destino do dia sem paradas (pois o almoço já é uma obrigatória, e o jantar também!). Vejam o salão no qual se toma o café da manhã... Lindo de morrer!!! (foto do site).


Olhem só a mesa do café da manhã que serviram no quarto no dia em que meu filho acordou com febre (sim, isso foi um sufoco, mas o pessoal do hotel auxilia em tudo, inclusive se dispondo a chamar um médico se entendêssemos necessário):







concierge é sensacional. Deu todo o suporte que pedimos, fez todas as reservas e deu dicas excelentes.

Ah, o restaurante do Alain Ducasse é lá e ele que cuida de todas as cozinhas do lugar (acho que exceto as do serviço de quarto, pois que foi a única coisa regular que achei do hotel - o croque-monsieur estava mais ou menos... Mas a pizzinha até que é saborosa - pS: Jantar no quarto em plena cidade de Paris só aconteceu pois o pequeno estava com febre...).

CONCLUSÃO: Sensacional o hotel. Localização que para nós foi perfeita. Serviço IMPECÁVEL. Beleza e bom gosto extremos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário