sexta-feira, 16 de maio de 2014

Disney IV - Nossos roteiros de parques com crianças de 2 anos. 3 - Epcot.

O Epcot é o parque menos infantil de todos, mas com algumas atrações para idade alvo dos toddlers.

Para orientação, segue abaixo o mapa extraído do site http://www.wdwinfo.com/maps/epcot.htm


Na parte frontal ficam as atrações do parque. Já em volta do grande lago fica a parte mais charmosa: as alas dedicadas a diversos países, como México, Noruega, China, Alemanha, Itália, USA, Japão, Marrocos, França, Reino Unido e Canadá. Há barquinhos levando de uma ponta à outra do lago se você quiser uma pausa para descanso, e os pequenos costumam adorar!

Nessa parte temática, cada país apresenta suas tipicidades culturais. Em cada um deles há restaurantes típicos, como os que indiquei aqui para Japão e França.

Um dia inteiro é o suficiente para fazer tudo com calma, e como no Animal Kingdom, dois dias se quiser ficar só até a hora do almoço e voltar para curtir o hotel. Aliás, eu faria o parque em duas manhãs, aproveitando para parar para almoçar em um dos países e indo embora para aproveitar o hotel.

1a) Marcar FastPasses (veja as explicações desses "truques" aqui) para as principais atrações:
Spaceship Earth - é aquela bola enorme, famosa, logo na entrada do parque. Por dentro dela se faz um passeio de carrinho ao longo da história das principais invenções. As crianças gostam pelo movimento e pelos bonequinhos, não pela história em si. Mas o mais legal é que eles tiram uma foto sua sem perceber, te fazem um monte de perguntas numa telinha à sua frente e montam uma historinha na qual você aparece como protagonista. Ao sair, você pode se enviar por e-mail a historinha!!! Uma recordação muito graciosa.
The Seas with Nemo & Friends - carrinho-concha pelo qual se passeia no mundo das profundezas, procurando o Nemo. Uma gracinha!!! Ao sair desse brinquedo, cheque se a Turtle Talk with Crush está com pouca fila: se estiver, aproveite para entrar, pois é uma tela na qual aparece a tartaruga surfista do filme, que conversa com as crianças fazendo piadinhas (bom se seu filho souber inglês). Super engraçadinha;
- Journey into Imagination with Figment - é meio bobinho, um passeio de carrinho com figment (um gragãozinho roxo) por um laboratório. Mas os pequenos curtem.

Com filhos mas eventualmente sem fastpass: há o Maelstrom - um passeio de barquinho bem legal!!! Que tem até uma descidinha de costas no escuro bem simpática (meu filho de 2 anos foi, assustou um pouco, mas começou a rir depois).

SEM FILHOS: Soarin' (um vôo de asa delta que dizem ser muito gostoso, mas que não consegui ir pois a fila sem fastpass estava enorme); Mission Space (simula um vôo em nave espacial, bem radical); Test Track (primeiro, cria-se um carro virtual Chevrolet - depois, você vai testá-lo e são dadas notas - o teste na pista atinge bastanteee velocidade!).

Se seu filho é fanático por carros, ache a lojinha que fica atrás do TestTrack, no mesmo prédio: por ela, é possível se chegar à exposição de carros reais da Chevrolet, nos quais as crianças podem entrar, brincar de dirigir... Em tese é a saída do brinquedo, mas como os pequenos podem não ter altura para entrar na atração, só o museu já é divertido pra eles! O meu, AMOU. Ainda, lá tem um autorama virtual muito bonitinho para se jogar. PS: Adultos, que mico, mas se estiverem cansados, vimos muitooooossss típicos americanos usando os carros para uma soneca... O lugar é bem tranquilo...risos

1b) Para brincar, há o parquinho do Mate e do Mcqueen, bem sossegado (mas descoberto e, por isso, em dias de chuva, fica fechado). Há plantas "esculpidas" no formato dos carros, um barato!






Nenhum comentário:

Postar um comentário