segunda-feira, 13 de maio de 2013

Os restaurantes dos últimos 15 dias - Maní, La Tambouille, Condessa e Kaa.

Esses últimos dias foram sensacionais em termos de alimentação!

Ao Maní fui com duas amigas "membras" de nossa Confraria Lulu. Ao que parece, o restaurante pertence à Fernanda Lima. Já havia ido algumas vezes jantar antes, mas dessa vez fomos no horário do almoço.
Definitivamente é um lugar predominantemente feminino, e isso porque todos os pratos tem um "quê" de saudável. Começamos com um vinho branco da Bourgogne, seguido de espetinhos de polvo com batata. Depois, dividimos um talharim de pupunha (sensacional - o melhor que tem na casa - é sempre minha primeira opção). Um atum grelhado de principal e espuma de nutella de sobremesa. Tudo delicioso. A conta foi de R$ 265,00 por pessoa (mas há de se considerar que foram 2 garrafas de vinho em 3 pessoas).

La Tambouille - O preferido do meu marido no estilo "francês". Fomos em 3 casais, na véspera de um feriado de quarta-feira. Fiz reserva, mas no final estava super vazio. Começamos com vinho e pedimos canapés ao gosto do chef - Tudo muito bonitinho, naquele ambiente nostálgico e gostoso. Realmente, a noite foi muito agradável, mas na hora dos pratos, ninguém saiu de lá extasiado. Eu pedi camarão com caviar. E não estava realmente nada de mais. Quem provou a sobremesa, adorou - recomendaram o mousse de chocolate. Como no Varanda, aqui também docinhos acompanham o café. A conta acabou em R$ 650,00 o casal.

Moramos bem pertinho do Condessa e devo confessar que esse é um dos meus "queridinhos" - Parece um bistrozinho francês, todo decorado de bonequinhos antigos, com estampas florais e paredes coloridas. Super pequeno - acho que umas 10/12 mesas. Mas é uma delícia, aconchegante. E a comida? Nossa, tudo super bem feito. Começamos com uma entradinha que dividimos eu e meu marido: a Panelinha de Polvo. Depois um Stake Tartar - delicioso. A conta foi razoável, R$ 250 o casal - mas não bebemos nada alcoólico, nem comemos sobremesa.

Uma surpresa inesquecível foi o Kaa. Não sei se a atmosfera do dia acabou ajudando (havia acabado de ser aprovada no mestrado da USP semana passada, com recomendação para publicação e tudo) - mas cada detalhe foi excepcional, do começo ao fim. Meu marido sempre comentava e também é aqui a poucos minutos de casa. Era uma segunda-feira e a casa não estava nem muito vazia e nem lotada. O ambiente é ma-ra-vi-lho-so!!! Um espelho d'água com uma parede viva (cheia de samambaias) é a vista da entrada. A arquitetura é do Arthur Casas pois, de tão bonito o ambiente (estrutura de aço com vidro), acabei tendo que perguntar. Tomamos um Brunello de Montalcino Talenti 2007 pra comemorar o mestrado. Fenomenal o vinho - parece um outro Brunello que gostamos muito - o San Paolo - mas que quase nunca encontramos. De entrada, fomos de tartar de vieiras com pepinos agridoces. Uma delícia. Como era minha primeira vez no local, sempre gosto de perguntar qual é o prato carro-chefe do estabelecimento. O garçom, super atencioso, acabou indicando a paleta de cordeiro com cuscuz. E foi uma excelente escolha - a carne desfazia e o tempero do molho era exuberante. O cuscuz também super saboroso. Pedimos uma sobremesa de chocolate branco divina pra dividir e finalizamos com um cafezinho. Não me lembro exatamente da conta, mas foi algo em torno de R$650,00 o casal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário