terça-feira, 14 de maio de 2013

Festinha de aniversário - 1 ano.

Sempre achei que o aniversário de um aninho do meu bebê fosse ser comemorado com bolo e guaraná em casa. Afinal, ele não lembraria de nada.

Mas meu bebê nasceu e essa concepção idealista mudou: a data foi chegando e eu queria comemorar muito a existência de 12 meses desse ser. Fui descobrindo que seria uma confraternização linda entre familiares para celebrar a vida. E ser guardada com carinho no álbum de recordações.

E pesquisando festinhas na internet, vi um universo novo de decorações, bolos e docinhos. Cada detalhe mais lindo que o outro. Resolvi entrar na onda.

O primeiro passo - escolher o dia, o local e determinar um tema.

Decidi fazer no próprio dia 20 de janeiro, a data do aniversário mesmo, afinal caía em um domingo. Para o horário, escolhi um brunch começando às 11:00am. Tudo a ser feito aqui no prédio. Em relação ao tema, havia pesquisado diversas festinhas e visto as seguintes opções: Safari, Circo, Safari do Mickey, Galinha Pintadinha, Patati e Patatá, Corrida/Fórmula 1, Ursinho Aviador. Mas acabei optando por fugir do lugar comum. Pensei em temas de desenhos antigos - Popeye, Muppets Babies, Smurfs. Depois, na possibilidade de uma festa lúdica no tema "bolas" e giros. Resolvi homenagear meu pai, que faz coleção de automóveis - faria um "Feirão de Autos Antigos"!

Em segundo lugar, fui procurar uma organizadora pois, com a história do mestrado, a ser depositado até o dia 23 de janeiro, tudo ia ficar muito confuso para que eu organizasse as coisas sozinha. Fiquei entre a Caraminholando e a Danielle Costa. Estava muito em cima da hora e a Danielle Costa me mandou o orçamento primeiro. Fechei com ela (mas ano que vem será a Caraminholando ou Deborah Doll). Cotei também Juliana Françoso (mas com o valor da mesa de doces que ela me orçou fiz toda a festa com a animação, comida salgadas, bebida, lembrancinhas, etc.) e Andrea Guimarães (que, apesar de fazer a festa de alguns famosos, achei comercial demais para as "festas comuns").

Não lembro muito bem da onde foi o bolo que a organizadora fechou, mas na época pesquisei bolos de pasta americana. Amei os da Nika Linden e Otavia Sommvilla. Neste site tem os bolos mais legais reunidos (realmente lindos alguns): Bolos (site da UOL).

Para docinhos, os meus vieram integrando a decoração (estavam inclusos no valor da "mesa"). Mas, se não tivessem, no meu casamento usei docinhos da Mariza Doces, La Vie en Douce e Piece of Cake - recomendo os três.

A fotógrafa que usei se chama Carmen Fernandes, mas quem veio foi a Sara - excelentes.

Servi Chandon Passion (rosé mais docinha, que costuma agradar às mulheres) e foi um sucesso. A barraquinha de churros contratada, e o DJ, fizeram toda a diferença.

O resultado: uma festa linda, com alguns percalços (a comida não estava tão boa assim e foi meio escassa, razão pela qual não usaria mais o buffet da própria organizadora - apesar do preço que ela me apresentou, mesmo com um descontinho, ter sido mais que o dobro que os demais haviam me passado) que, no final, foram minimizados pela alegria do momento.

A festinha saiu no site da Constance Zahn, que aliás, contém a indicação de váriasss organizadoras, fornecedores e idéias de decoração! Super recomendo.







3 comentários:

  1. Adorei! Amo festinhas. Mas eu gosto mesmo é de fazer tudo, sabe? Dá maior trabalhão, mas o resultado é sensacional. Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Adoro festa de aniversario!!! amo pensar, preparar... confesso q morro de inveja das festinhas no Brasil!!!

    ResponderExcluir
  3. Festinha não, festão! Eu amei e nunca vou me esquecer que você guardou a lembrancinha por um ano para mim.

    ResponderExcluir